fbpx

Pet Food é tendência em crescimento

Pet Food é tendência em crescimento

Hoje em dia, em mais de 50% das famílias vive pelo menos um animal de estimação e os portugueses gastaram cerca de 500 milhões de euros em 2019 em Pet Food para alimentar os seus parceiros caninos e felinos.

Visivelmente, o segmento Pet Care ou Pet Food está em crescimento e as tendências de futuro passam pela “humanização” destes bichos, ou seja, a transposição dos hábitos dos donos para os seus animais de estimação, assim como, uma maior personalização, com dietas adaptadas a diferentes necessidades (tamanhos, raças, etc…) bem como estágios de vida e fórmulas especificas para patologias diversas ou com benefícios funcionais.

“Cada vez mais, aquilo que verificamos é que as tendências da alimentação animal acompanham as da alimentação humana. Assim neste momento verificamos uma grande preocupação com a saúde dos animais por parte dos donos, que procuram, cada vez mais, alimentos de origem premium e os super premium, com maior concentração de proteína.”

Ricardo Branco, Auchan Retail Portuga

Ainda, a expansão de lojas e serviços apresentados pela ZU | Pet Shop de norte a sul de Portugal, reforça ainda mais que este é um dos mercados com maior potencial de crescimento nos dias de hoje e não demonstra sinais de abrandamento para o futuro, pelo contrário, é parte da estratégia de alguns distribuidores incluir e investir neste mercado pet.

Muita desta comida premium e super premium tem por base alimentos que requerem um nível de congelação que a tradicional ração a seco não necessita. No sentido de promover este tipo de soluções e aproximar as marcas dos seus seguidores, a Fricon tem trabalhado com diversas marcas e distribuidores, como é o caso da ação visível na imagem acima. Soluções estas de congelação verticais (YWC)mobile, este ultimo ideal para transportar gelados para animais.

2020-07-20T10:02:50+00:00 Jul 20, 2020|