fbpx

Ultracongelados sobe valor a 2 dígitos

83 / 100

Segundo um estudo da Nielsen, o valor dos ultracongelados registou um crescimento de dois dígitos, no canal de distribuição alimentar.

As empresas que comercializam ultracongelados de bacalhau, pescado ou marisco, registaram, em geral, um primeiro semestre positivo.

O bacalhau ultracongelado, durante este período, vendeu 8,4 milhões de quilos, um crescimento homólogo de 7%, num valor de 82,5 milhões de euros, representando uma subida de 14%. O crescimento homólogo do peixe ultracongelado, em volume, foi de 7% para 34,9 milhões de quilos.
Já em valor, a subida foi de 13% para 251,9 milhões de euros. Já o marisco apresentou uma subida, em volume, de 7% para 17,7 milhões de quilos. Em valor, o crescimento foi de 8% para 135,4 milhões de euros.

Tendo registado uma evolução favorável em vendas no canal da distribuição durante o primeiro trimestre de 2020, tanto a nível nacional, como internacional, marcas como a Brasmar, Riberalves e Caxamar sentiram uma alteração no desempenho sobretudo no segundo trimestre, informa a revista Hiper Super.

Uma vez que o canal HORECA tem um representação significativa para os distribuidores alimentares, no que diz respeito a este tipo de produto, estes viram as suas vendas diminuirem devido ao fecho de muitos estabelecimentos de restauração causado pelo Covid-19.

Contudo, estas prestigiadas marcas dos ultracongelados têm vindo a recuperar lentamente, procurando novas soluções e adaptando-se agora à nova realidade.

Para se manter atualizado acerca do Mercado e da FRICON siga-nos nas nossas redes sociais.

Facebook | Instagram | LinkedIn | Youtube

2020-09-14T13:17:27+00:00 Set 08, 2020|